100p: Quando a Bugatti fez um avião!

100p: Quando a Bugatti fez um avião!

Em 1938, Ettore Bugatti começou mais um dos seus grandes projetos. Com objetivo de quebrar um recorde de velocidade, a máquina da vez era um pouco diferente do padrão Bugatti: era um avião! O Bugatti 100p.

Ilustração do 100p feita pelo blog SpeedBirds.

Para participar da corrida Deutsch de la Meurthe, o modelo usaria 2 motores 50p dos automóveis Bugatti (daí veio o nome 100p - eu acho...) e chamou Louis de Monge (que já havia projetado vários aviões ao longo de sua carreira) para ser o engenheiro chefe do 100p.

O projeto foi iniciado e o avião começou a ser feito, mas o grande problema foi a guerra que estava acontecendo no mundo. Com a França sendo invadida pela Alemanha (o 100p estava sendo construído na França), Ettore teve medo do avião cair nas mãos nazistas e ser usado como arma de guerra e escondeu o protótipo numa fazenda sem nunca ter voado.

Lá pra década de 60, o modelo foi levado para os EUA e ficou passando de mão em mão entre colecionadores até ser doado à Experimental Aircraft Association, que deixou o avião em exibição no AirVenture Museum, onde está até hoje.

100p: A volta dos que não foram

Se você achou que a história de um dos aviões mais legais já feitos acaba por aí, você está enganado: Scotty Wilson (que tem mais de 11 mil horas de voo e já pilotou até F-16) e seu time de entusiastas, se juntaram para criar uma réplica do 100p. Usando materiais modernos (mais resistentes e mais baratos), iniciaram a missão de fazer o 100p voar.

E conseguiram! Em agosto de 2015, movido por 2 motores de Suzuki Hayabusa (!!), o avião atingiu 200 km/h e altitude de 30m, mas apresentou falhas na aterrissagem. Em outubro do mesmo ano, realizou o primeiro voo com sucesso.

E aí vem a parte triste... Eu já acompanhava o projeto há um tempo, mas foi em agosto de 2016 que uma notícia me surpreendeu e por causa dela resolvi escrever esse post: no dia 6, o Scotty Wilson, principal idealizador e líder do projeto, faleceu em um acidente com o 100p.

Scotty nos deixou alguns bons aprendizados e tenho certeza que sua equipe concorda com isso. Eles conseguiram trazer o projeto de volta a vida e vai servir de grande inspiração para vários de nós. Apesar da triste notícia, o 100p é uma referência não só de design, que é o nosso foco aqui, mas do comprometimento e dedicação que precisamos ter para alcançar nossos objetivos.

Se quiser acompanhar o 100p, dá uma olhada no site, no facebook e no canal do youtube. Todos tem bastante informação.


Comentários:

Quer comentar, reclamar, elogiar ou espernear? Fique à vontade! Mas lembre-se de 2 coisas:

  1. Seja educado! Pense duas vezes antes de enviar alguma coisa: você mostraria esse seu comentário para sua vó? Não?! Então use o bom senso!
  2. Quer fazer propaganda? Os comentários não servem pra isso. Mande um email para nós através do Contato.

Qualquer comentário que não respeite essas duas regrinhas básicas de convivência serão excluídos sem qualquer aviso prévio. De resto: a casa é sua!