Renault Trezor: Amor à primeira vista

Teve gente que falou que ia fazer e acontecer, mas não teve jeito, quem roubou a cena do Salão de Paris foi a Renault com o Trezor, um GT de 2 lugares e motor elétrico vindo da Fórmula E.

 

Design Strategy: Love

A estratégia de design da Renault se baseia na "Life Flower", onde a vida é representada por uma flor e cada pétala representada uma fase dela: Love, Explore, Family, Work, Play e Wisdom. Cada uma dessas pétalas consegue cobrir toda a vida de uma pessoa e cada carro da Renault também.

O Trezor se encaixa na pétala "Love". Esses são os carros que apresentam a próxima linguagem de design da empresa. O conceito DeZir, de 2010, também pertencia a essa classe e guiou o design da Renault nos últimos anos. Ambos os conceitos foram feitos sob a gestão de Laurens van den Acker, hoje Vice-Presidente de Design.

Mas chega de passado, vamos ao salão de 2016! O Trezor fez bonito e mereceu toda a atenção que recebeu. Proporção, superfície, cores e detalhes, não tem um ponto desse carro que deixe a desejar.

 

Proporção

Um coupé com 2 lugares e rodas 21" na frente e 22" atrás já seria suficiente pra garantir uma postura bem interessante para o carro, mas, além disso, olhando apenas o side view, eu tenho um pouco de dificuldade em dizer onde está o motor. O capô comprido dá a proporção de motor dianteiro, mas o vidro de trás e a altura da traseira me dão a impressão de motor traseiro ou central-traseiro.

Nenhum dos dois. Como falamos antes é um carro elétrico e os motores são derivados dos motores Renault da Fórmula E. O que vemos na imagem acima são as baterias (em vermelho) que ocupam um bom espaço tanto na frente quanto atrás. Mas, apesar disso tudo, a tração é traseira!

Calma, as surpresas estão só começando...

 

Superfície

Aqui os franceses ficam malucos: olha o trato da superfície! Além delas serem muito bem trabalhadas, uma boa parte do exterior tem uma textura hexagonal que destoa da outra parte totalmente lisa. Esse padrão hexagonal aparece em outros detalhes que vamos falar mais pra frente.

No interior, a precisão na composição das superfícies não fica pra trás. Uma combinação muito bem executada de couro e madeira (sim, é madeira!) deixa o ambiente bem elegante e combina com os toques em vermelho do exterior.

O painel de madeira foi feito em parceria com a KEIM-cycles, os mesmos caras que fazem essas bicicletas aqui embaixo. O processo de fabricação do painel é único e envolve tiras de cinzas (!!) sobrepostas fazendo com que a madeira fique tão resistente quanto materiais compósitos.

 

Cores

As cores são a última coisa que um designer se preocupa, em geral. Proporção vem primeiro, seguido por linhas e superfícies (tema) e cores e gráficos vem por último. É fácil estragar tudo com a cor errada, mas não adianta escolher a cor certa se o carro não ajuda. É tipo aquele professor que passa trabalho que ninguém ganha ponto se fizer, mas se não fizer, perde ponto!

No caso do Trezor, ninguém perdeu ponto. Pelo contrário, o vermelho e prata se alternam formando uma boa dupla. Um detalhe: o vermelho é a cor da pétala do Amor na Life Flower da Renault, isso se confirma na estratégia de design que o DeZir seguia, "Passion Red". Se ainda não está satisfeito, dá uma olhada na cor dos sketches:

 

Detalhes

Uma das partes mais legais com certeza é a abertura do "cockpit" e de cara me lembrei do SAAB Aero X de 2006 (o pessoal do Car Design News também) e acho bem natural, já que a semelhança é grande.

Um dos detalhes é que Anthony Lo, o designer do Aero X, foi para a Renault em 2010 e está lá até hoje como Vice-Presidente de Exterior Design e participou do Trezor... Interessante... Já falamos de outro cara que mudou de empresa mas manteve algumas ideias nesse post aqui.

Outros detalhes que valem a pena ser mencionados: o volante que abre e fecha, as entradas de ar hexagonáis do capô que se movem, a tampa de "combustível" que na verdade indica o nível de bateria e as "lanternas" feitas por fibras ópticas.

Para incrementar a lista de detalhes e reafirmar a importância da cor vermelha nesse conceito, a atriz Marina Ruy Barbosa (que é ruiva - aí a cor vermelha de novo!) foi ao Salão de Paris conhecer o carro pessoalmente.

E você me pergunta: "E daí?!?!"

E daí que é uma ótima propaganda de graça para a Renault! Só 15 milhões de seguidores no Instagram... Mas, siceramente, combinou bem hein...

 

E tem mais!

Calma, cansei de escrever e vocês, provavelmente, cansaram de ler... Então vou deixar mais imagens ótimas do Trezor, sketches e fotos do projeto! Não esquece: se inscreve na nossa newsletter que você não vai perder mais nenhuma matéria. É rapidinho, só deixar seu email e confirmar a inscrição!


Comentários:

Quer comentar, reclamar, elogiar ou espernear? Fique à vontade! Mas lembre-se de 2 coisas:

  1. Seja educado! Pense duas vezes antes de enviar alguma coisa: você mostraria esse seu comentário para sua vó? Não?! Então use o bom senso!
  2. Quer fazer propaganda? Os comentários não servem pra isso. Mande um email para nós através do Contato.

Qualquer comentário que não respeite essas duas regrinhas básicas de convivência serão excluídos sem qualquer aviso prévio. De resto: a casa é sua!